Terceira Idade.



 Envelhecer é uma arte!

A idade não é a fuga dos anos, mas o amanhecer da sabedoria!
Nós não somos velhos, somos apenas a juventude acumulada! "Ninguém fica mais velho" simplesmente porque viveu alguns anos.
A pessoa só envelhece quando abandona seus ideais.
Você é tão jovem quanto sua auto-confiança; tão moço quanto suas esperanças e tão velho quanto seu desespero.
No centro de todo coração, há um gravador. Enquanto ele receber mensagens de beleza, esperança, alegria e coragem, você permanece jovem!
Quando os fios se romperem e seu coração estiver coberto com as neves do pessimismo e o gelo do ceticismo, então "terá ficado velho".
Por isso, amigos, não lamentem e esqueçam o passado, vamos curtir, viver o momento presente e não pensem no futuro.
O nosso dia é hoje! Com muita alegria, amor, fé e esperança!

Fonte: http://www.montesiao.pro.br/estudos/familia/3idade/dicas_3idade_menu.html

Velho ou Idoso?

Você é idoso quando se pergunta se vale a pena; você é velho quando, sem pensar, responde não.
Você é idoso quando sonha; você é velho quando apenas dorme.
Você é idoso quando ainda aprende; você é velho quando já nem ensina.
Você é idoso quando se exercita; você é velho quando apenas descansa.
Você é idoso quando ainda sente amor; você é velho quando só sente ciúmes.
Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida; você é velho quando todos os dias parecem o último de sua jornada.
Você é idoso quando o seu calendário ainda tem amanhãs; você é velho quando ele só tem ontem.
O idoso se renova a cada dia que começa, pois tem seus olhos postos no horizonte, de onde o sol desponta e ilumina a esperança;o velho se acaba a cada dia que termina, com a sua miopia voltada para os sonhos do passado.
O idoso tem planos; o velho tem saudades.
O idoso curte o que lhe resta da vida; o velho sofre o que o aproxima da morte.
O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e prenhe de esperanças. Para ele o tempo passa mais rápido, mas a velhice nunca chega.Para o velho, suas horas se arrastam destituídas de sentido.
As rugas do idoso são bonitas porque são marcadas pelo sorriso;as rugas do velho são feias porque são vincadas pela amargura.
Em suma, idoso e velho podem ter a mesma idade no cartório, mas têm idades diferentes no coração. Que você, idoso, viva uma longa vida, mas nunca fique velho.

Fonte: http://www.montesiao.pro.br/estudos/familia/3idade/idoso_velho.html

Idoso,mas feliz!

A velhice é um dos períodos mais difíceis da vida. Além de uma maior vulnerabilidade às doenças e de ter de depender mais de outras pessoas, muitos idosos sofrem com a solidão e com o senso de inutilidade. Não são poucos os velhos abandonados num asilo por seus próprios filhos.
Hoje em dia existe uma conscientização social maior quanto aos que alcançaram a terceira idade. Existem programas e projetos de atividades envolvendo idosos, com o objetivo de vencer a solidão e a ociosidade. Mas por melhor que sejam, nem sempre conseguem trazer alguma felicidade a quem já viveu muito.
A Bíblia nos traz vários exemplos de pessoas que chegaram a uma idade avançada e que morreram felizes e realizadas. Uma delas é o patriarca Abraão. Lemos no livro de Gênesis que Abraão "morreu em ditosa velhice, avançado em anos" (Gênesis 25.8).
Uma velhice "ditosa" quer dizer uma velhice feliz, satisfeita, venturosa, afortunada. Quando lemos o que a Bíblia diz sobre a vida de Abraão fica fácil descobrir o segredo de sua felicidade. Há pelo menos 3 coisas que contribuíram para ela:
Abraão foi um homem de FÉ toda a sua vida
Desde o dia em que Deus o chamou para sair de sua terra e ir peregrinar em uma terra distante, Abraão aprendeu a confiar em Deus e a depender das Suas promessas.
Não é em vão que Abraão ficou conhecido como o pai da fé e "amigo de Deus" (Tiago 2.23; Hebreus 11.8-19). Quando uma pessoa aprende cedo na vida a confiar em Deus e a depender dele, terá melhores condições de enfrentar as incertezas e sofrimentos da velhice, como Abraão.

Abraão foi um homem OBEDIENTE a Deus toda a sua vida
Fé e obediência andam juntas. Abraão cria em Deus e portanto, obedeceu-o. A maior demonstração que deu disso foi quando se dispôs a sacrificar seu próprio filho Isaque por determinação de Deus (Gênesis 22.1-14).
Se aprendemos desde cedo na vida a obedecer a Deus incondicionalmente, quando atingirmos a velhice teremos uma consciência tranqüila de que Deus, a quem procuramos servir durante nossa vida, jamais nos desamparará.
Abraão ANDOU COM DEUS toda a sua vida
Através dos anos, ele desenvolveu um relacionamento pessoal e significativo com Deus. Deus fazia parte integrante da sua vida. Diariamente Abraão orava, falava com Deus, procurava ouvir e entender Sua vontade e segui-la. Abraão compartilhava continuamente com Deus as alegrias e dificuldades.
Basta ler a história de sua vida para ver como isso é verdade. Não pensem que Abraão foi um privilegiado que diariamente tinha uma visão onde Deus lhe aparecia e falava diretamente com ele. As visões que Abraão teve foram poucas e muito espaçadas entre si, as vezes por anos a fio. Abraão aprendeu a andar com Deus pela fé.
Quando ficou velho, já havia andado o suficiente com Deus para saber que o Senhor estava ali, ao seu lado. Que conforto extraordinário nos momentos de solidão!
O Salmo 71 é a oração de um velho, pedindo a Deus que o socorresse e auxiliasse nos dias de sua velhice. Não sabemos quem a escreveu, provavelmente foi o rei Davi. Nela, o autor revela profundo conhecimento de Deus e certeza de que Ele haverá de atender a seu pedido. Um dia todos seremos velhos.
Passaremos pelo mesmo vale de lágrimas que muitos passam nesse momento. Quem confiou em Deus e andou com Ele durante a sua vida poderá ter uma ditosa velhice, frutífera e cheia de sentido. Comecemos hoje!

Fonte: http://www.montesiao.pro.br/estudos/familia/3idade/idoso_feliz.html